• Ariani Sordi

Dicas para montar o álbum de casamento


Uma amiga (Jéssica, sua linda...obrigada pela ideia desse post) veio me pedir um "help" para escolher as fotos do álbum de casamento dela, e me lembrei das dúvidas que tive para montar o meu. Seria tão bom se na época eu encontrasse dicas que me ajudassem a escolher o que seria a memória física daquele dia tão especial para mim.

O ponto de partida na hora de escolher as fotos é lembrar que daqui a 30 anos você vai querer ver e mostrar seu álbum para se lembrar de quem estava, como era a decoração, qual era o clima da festa e assim por diante. Com isso na cabeça, eu acho que existem duas formas de pensar na hora de montar seu álbum:

1- Escolher as fotos que você mais gostou, aquelas mais espontâneas que você, seu marido e seus convidados estão lindos de morrer e tudo bem se sua vó ou seus tios não aparecerem.

2- Pensar naquelas pessoas e naquelas fotos que você acha imprescindível que apareçam no álbum - seja aquelas fotos clássicas e formais (pais, avós, padrinhos, bolo) ou aquela que a pessoa vai ficar chateada se não aparecer (aquela prima que nunca mais vai olhar na sua cara). Confesso que eu sou o tipo "2". Tentei pensar em cada pessoa que poderia ver meu álbum, até mesmo deixando de lado algumas fotos minhas que tinha adorado.

A família do meu marido foi sensacional! Sem o fotógrafo pedir, eles juntaram tooodo mundo para uma foto e pronto: estão todos no álbum.

DICAS

Agora vamos a algumas dicas que podem te ajudar nessa escolha tão terrível que é escolher 50, 100, 200 míseras "fotinhas" de trezentos mil disparos que seu fotógrafo fez tão perfeitamente.

1. Tente balancear entre você e seu marido, sua família e a dele, para que um não apareça mais que o outro.

2. Com certeza vão aparecer fotos maravilhosas e espontâneas com seus amigos. Mas faça uma escolha: ou eles aparecem naquela foto formal na mesa do bolo ou na pista dançando.

3. Escolha fotos que transmitam a emoção do momento - aquele abraço com seus pais, sua mãe fechando seu vestido, seu sogro conversando com seu marido no altar, a galera pulando na pista e por aí vai.

4. Você deve ter aquela pasta no computador com referências de fotos que gostaria de tirar no grande dia. Converse com seu fotógrafo antecipadamente e tente fazê-las. Mas releve se elas não ficarem tão boas a ponto de aparecerem no álbum.

Eu bati o pé que queria foto dos padrinhos com a gente no altar. Meu cerimonial me alertou para o transtorno que seria todas as madrinhas subirem a escada. Mas mesmo assim eu quis arriscar e com maestria a equipe de cerimonial (Ed Mendes Eventos) fez tudo sair perfeito, organizado e sem nenhum contratempo.

Adoro essa foto, foi no fim da festa. Eu já vi várias noivas fazerem, mas por incrível que pareça a minha foi meio na muvuca, bem natural, e o fotógrafo (Paulo Villas Boas Photo & Vídeo) conseguiu fotos lindas mesmo sendo tudo muito rápido.

5. Lembre-se que você vai ter um vídeo, então não tem necessidade de escolher fotos em sequência (você na porta da igreja, você no meio da igreja, você de costas, você chegando a altar, você abraçando seu pai etc) - eu passei por isso, confesso.

6. Escolhidas as fotos para o álbum, você se vê em depressão por abandonar todas aquelas outras que você tanto amou. Uma solução para isso é montar mini-álbuns que você mesma consegue fazer na internet ou até mesmo revelá-las e colocar em um álbum bonitão.

Espero que eu tenha ajudado todas essas "casadinhas" que casaram agora e estão naquela loucura misturada à TPC (tensão pós casamento), e ainda precisam escolher as fotos do álbum.

Se alguém quiser compartilhar mais alguma dica, mande para contato@caseiagora.com que eu vou atualizando esse post. Afinal, se a gente se ajudar tudo vai ficando mais fácil, não é mesmo?


170 visualizações