• Ariani Barbalho Sordi

Dicas de viagem com bebê


Fazia um tempinho que não escrevia aqui para o blog (tá difícil achar uma brecha na rotina aqui). Mas em abril fizemos uma viagem longa com o Bernardo e eu não poderia deixar de registrar tantas dicas que me ajudaram muito com ele.

Nosso destino foi Espanha (Barcelona e Madri) e Portugal (Lisboa). Ao todo foram doze dias de viagem e confesso que nem eu havia ficado tantos dias fora de casa. No início fiquei bem apreensiva em viajar com o bebê, afinal ele só tinha 8 meses e aguentar o dia inteiro de passeio não é fácil nem para nós. Mas vamos as dicas:

1 - Compre um chip de celular com internet e ligação. Eu usei o da fale global e foi excelente, fiquei tranquila a viagem toda. Afinal a gente sempre precisa da internet para não se perder, procurar o supermercado mais perto para papinhas e frutas, baixar aquele videozinho para acalmar a criança, e no nosso caso ligar para o papai - que ficou no Brasil - a qualquer hora.

2 - Vôo noturno. Geralmente o horário melhor de sono da criança é a noite. Então aproveite esse horário para viajar. Eles ficam muito impacientes no avião (nós também) e dormindo passa muito mais rápido. Bernardo dormiu praticamente o vôo inteiro.

3 - Leve fralda boa que aguente bastante. No meu caso sempre gostei da Pampers Premium Care e usei todos os dias da viagem. Não era toda hora que dava para trocar fralda e a gente tinha que achar um lugar bom para fazer isso, ou era no carrinho mesmo.

4 - Use um carrinho leve. Aqui caberia um post só para contar minha saga do carrinho. Mas resumindo, eu fui sem carrinho e comprei um no primeiro dia em Barcelona. Foi a melhor coisa que eu fiz. Nos passeios com muita escada eu dobrava ele e carregava tranquilamente, e quando o Bernardo dormia eu colocava ele alí deitadinho. Ah! Para o frio não esqueça da capa de chuva no carrinho. Eu usei muito para cortar o vento.

5 - Ainda sobre carregar o bebê, leve seu canguru ou faça esse investimento lá. Usei demais o meu.

6 - Respeite o limite do bebê e tente arrumar um tempo só para ele. Nós passeamos bastante, mas dava umas 19h eu me despedia do pessoal que ainda ia continuar andando e ia com Bernardo para o hotel. Deixava ele engatinhar, brincar no espaço kids e depois ia para o quarto dava um banho gostoso e ficávamos relaxando até ele dormir. Ele descansava bastante e no outro dia acordava a todo vapor novamente.

7 - Relaxe! Esqueça um pouco da rotina e tente não ficar pensando nisso. É impossível manter a rotina certinha de sono, banho, brincadeira e papa do bebê em uma viagem como a que fizemos. Como ele estava na introdução alimentar o principal alimento dele ainda era o peito, então eu sabia que fome ele não iria passar. Eu até encontrei papinhas orgânicas e naturais mas ele não gostou. Depois eu comecei a pedir brócolis (que ele ama) e ovo cozido. Pronto! Ele comia feliz da vida.

É isso! Acredito que as principais dicas são essas. De forma geral, valeu muuuito a pena tirar essa folguinha da rotina. Fez bem para mim e para ele. Afinal viajar é sempre maravilhoso, não é?! E independente da viagem, com ou sem bebê, invista em um chip para ficar com a internet bombando o tempo todo. O meu foi da fale global e salvou minha vida.

#bebê #viagemcombebê #europa #dicas #faleglobal

104 visualizações